Nós pedimos e a Polícia Civil atendeu: a partir de 1º de janeiro de 2018, o registro de feminicídio se tornou obrigatório nos boletins de ocorrência de todo o Rio Grande do Sul! Demos alguns passos em direção a criação de políticas públicas em prol da segurança das mulheres no Estado - e a nossa caminhada não vai parar!



NÚMERO DE VIOLÊNCIA CONTRA MULHER NO RS
11.061 ocorrências de violência física contra a mulher foram registradas só esse ano (PC-RS)*







*até o mês de junho de 2017 | ** desde 2016
JULIANAS E ROSÁLIAS








QUANTAS HISTÓRIAS A MAIS TEREMOS QUE CONTAR?






POR QUE A MINHA PORTO ALEGRE ENTROU NESSA?

Somos uma equipe feminista que toca projetos como o Mapa do Acolhimento e o Circuito Mulheres Mobilizada, então nada mais natural do que nos engajarmos nessa campanha. A gente já não aguentava mais ver tantas vidas virando números que não eram contabilizados da forma correta. Para cobrar políticas públicas em prol da segurança das
mulheres no Estado, era preciso saber quando foi Feminicídio. Agora que finalmente temos os números, precisamos garantir que todos os aparelhos responsáveis estejam trabalhando em sintonia com o que é o ideal para parar com esse tipo de violência.